Coreanos Crescem na Compra de Carros Importados no Brasil

Cada vez mais vem aumentando o numero de brasileiros que optam por carros importados na hora da compra e assim novos sotaques como chinês e coreano vão assumindo lugar entre a frota nacional e vão fazendo frente ao espanhol tanto dos mexicanos como dos argentinos que dão entrada em nosso país usufruindo o beneficio da isenção do Imposto de Importação.

Coreanos Crescem na Compra de Carros Importados no Brasil

Cresce Venda de Importados

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) a fatia nas importações de carros que a Argentina detinha foi bastante reduzida passando de 65,2% registrados em 2007 para 52,3% no acumulado do mês de janeiro até agosto deste ano. Nesse mesmo período foi reduzida também a participação mexicana com o percentual de carros vindos de lá caindo de 12,4% para 9,6%. A verdade é que hoje no Brasil os carros são o segundo produto que o país mais importa e com as vendas dos importados tendo um crescimento de 36% ao ano não é de surpreender que as montadoras estejam começando a se preocuparem seriamente.

Usados

Os Mais Vendidos

Hoje temos no Brasil dado que nos permitem afirmar com segurança que de cada quatro carros importados, que são vendidos em nosso país, um deles é coreano. As vendas de carros no Brasil se encontram em ótimo momento e mesmo com a queda em razão da suspensão da isenção de impostos ainda continuam em escala crescente e isso se refere tanto a carros nacionais quanto a importados sendo que estes últimos são em sua maioria trazidos por montadoras que possuem fabricas aqui em nosso país e se beneficiam de incentivos tributários na definição dos locais melhores para as suas linhas de produção. As previsões a respeito do comercio de automóveis no Brasil são de que até o ano de 2025 a vendas venham a dobrar e com isso fica a incógnita de como ficará o transito nas grandes cidades quando isso acontecer.

Fatia Asiática Aumenta

Duas importantes marcas sul-coreanas, que são a Hyundai e Kia vêm rapidamente absorvendo o espaço perdido por argentinos e mexicanos e com isso ajudando para que o país asiático aumente sua fatia no mercado brasileiro passando de 10,4% para 24,5% no intervalo de tempo em que Argentina e México reduziram sua participação sendo que com esses números, os coreanos crescem na compra de carros importados no Brasil e passam a frente dos mexicanos.

Vender

Preocupações

Segundo o presidente da ANFAVEA, Cledorvino Belini há uma grande preocupação com o crescimento das importações fora da área de livre comércio. A verdade é que sem um acordo automotivo para regular o setor, os importados pagam 35% em tributos para que possam entrar no Brasil sendo que este valor é o maior que a Organização Mundial de Comercio (OMC) permite. Os chineses também aumentaram sua participação passando de 0,5% para 2,7%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>