Fiat Nega Venda de Ações da Ferrari

De acordo com a imprensa italiana que se faz presente no Salão do Automóvel de Paris, que teve inicio no dia 30 de setembro devendo se estender até o dia 17 de outubro, a Fiat faz uma séria avaliação sobre oferta de ações da Ferrari e segundo foi noticiado em reportagem de um jornal italiano essa medida tem o objetivo de angariar fundos para aumentar sua participação acionária na norte-americana Chrysler e com isso se tornar majoritária detendo 51% de todas as ações da empresa.

Auto

Meta Seria Ficar Com 51% da Ferrari

Hoje a montadora detém 85% das ações e a Fiat nega venda e ações da Ferrai, mas segundo as noticias que circulam na imprensa o objetivo seria reduzir essa participação para 51%. O outro sócio mais relevante da montadora dos esportivos é um fundo de investimentos, Mubadala, de Abu Dhabi dos Emirados Árabes. O presidente da Ferrari que é Montezemolo garante que no final de 2010 a Ferrari estará dando lucro e segundo ele independente da crise as perspectivas até o final do ano são melhores do que no ano passado.

Fiat Nega Venda de Ações da Ferrari

Desencontro Das Informações

Enquanto jornalistas afirmam terem obtido noticias junto a dirigentes e cúpula da Fiat em Turim que afirmaram que neste momento a prioridade da empresa é levantar recursos suficientes para que possam financiar nada menos do que 51% da norte-americana, um porta-voz da mesma empresa nega que esta queira vender ações da Ferrari informando que não existe plano para qualquer listagem da montadora dos esportivos. Normal esse desencontro de informações, pois é velho o ditado que diz que o segredo é a alma do negócio e a Fiat não tem porque sair anunciando esse tipo de transação até porque as concorrentes estão sempre de olho.

Compra

Participação Atual

Hoje a Fiat é detentora de 20% das ações da norte-americana Chrysler e depois de ter cumprido a metas de reestruturação deverá elevar essa participação para 35% mas parece que a Fit não se satisfaz com essa participação no bolo. O que ela deseja mesmo é ser a maior acionista da empresa chegando os 51% que é uma opção que ela tem. Se a Fiat mantivesse os 51% da Ferrari seria majoritária sendo que o valor dessas ações alcança um montante de US$ 3,1 bilhões de dólares. Já na Ferrari a Fiat tem hoje 85% das ações e no mês de setembro Sergio Marchionne que é presidente executivo da Fiat e desempenha a mesma função na Chrysler, havia se manifestado a respeito afirmando que desejava um retorno ao histórico índice de 90%. Importante salientar que tudo isso seria feito sem abdicar da participação do fundo de investimentos de Abu Dhabi Mubadala que atualmente detém 5% das ações da montadora.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Internacional

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *