Lista De Carros Da Chevrolet no Brasil

O Brasil é um dos locais que mais se fala sobre automóveis, já que, por aqui, muito se cultua a propriedade de um veículo, já que ele pode ajudar e muito nas tarefas e deslocamentos pelos variados locais da cidade e arredores. Muitos brasileiros sonham deixar de depender do caótico transporte público, bem como ter uma maior liberdade para poder sair por aí sem ter hora para voltar.

Um dos maiores empecilhos que os brasileiros encontram ao tentar comprar o seu primeiro carro são, justamente, os altos encargos cobrados pelo governo por cada modelo produzido, o que, em outras palavras, encarece o produto, ou seja, o carro zero sai da concessionária com preços exorbitantes. Além desses preços altos, outros tributos que estão envolvidos com a regularização e licenciamento do veículo dão ainda menos impulso para o consumo desses bens. Uma das maiores queixas é que o dinheiro que é provido desses impostos, muitas das vezes, não é bem empregado, ou seja, os serviços prestados à população são insuficientes.

No Brasil, as principais montadoras são a Ford, a FIAT, a Volkswagen, a Renault, a Citröen, e a GM, sendo essa última detentora da marcha Chevrolet. E é sobre ela que iremos falar um pouco nesse artigo. Aqui, você vai conhecer um pouco mais sobre alguns carros da marca que são vendidos por aqui, bem como algumas curiosidades envolvendo esses modelos. Vamos lá?

A Chevrolet No Brasil

A Chevrolet começou a atuar no Brasil nos anos 1920 (sendo mais exato, durante o ano de 1925), quando ela já fazia parte do espólio da General Motors, a GM, fabricante de automóveis que se consolidou nos EUA entre 1910 e 1920, chegando ao Brasil num momento onde a marca percebeu que era necessária a sua internacionalização para que não acontecesse uma estagnação nas vendas e no desenvolvimento dos produtos da empresa.

Naquele ano de 1925, a GM tinha iniciado o seu plano de expansão pelo planeta, criando fábricas também em países da Europa. Aqui na América do Sul, além de chegar às terras tupiniquins, a GM também desembarcou na Argentina, com o propósito de enraizar na parte sul do continente, bem como, também, poder criar diversos mercados para os seus automóveis.

Com um crescimento tímido inicialmente, A Chevrolet começou a conquistar seu espaço no mercado automobilístico brasileiro com o lançamento do modelo “Opala”, que conquistou diversos motoristas no Brasil por conta do seu estilo e potência, sendo também duramente criticado por eles, por conta do enorme consumo de combustível que o modelo consumia. Depois, foi a vez o Chevette conquistar o coração dos brasileiros e, por fim, vários outros carros começaram a fazer a GM consolidar seu nome por aqui, como o Corsa, o Celta, o Astra, o Vectra, entre outros. No entanto, apesar do sucesso desses modelos, a marca se viu num dilema, que era a renovação da linha por meio de investimentos, troca de nomes e atualizações na plataforma. Isso se deu início em 2008, com um investimento de 5,3 bilhões de dólares. E o resultado você pode conferir a seguir:

Chevrolet Captiva

O Captiva é a o primeiro carro da Chevrolet a atender os novos conceitos da marca. Surgido em 2008, o SUV, na época, foi considerado um marco na história da GM, por voltar ao foco da produção de modelos de Luxo. E a Captiva era sinônimo disso, já que apresentava um design bastante chamativo, próprio de um carro SUV, com um requinte e arrojamento que é bastante perceptível no acabamento interno e externo do automóvel. Embora tenha uma presença bastante intensa por onde passa, o SUV é, muitas vezes, comparado com uma capivara, por conta de seu formato. Outra coisa bastante observada pelos motoristas é a baixa eficiência do modelo nas estradas, com um grande consumo. Mas que vale a pena, pelo o que o carro oferece.

Chevrolet Ônix

Com a missão de recuperar o prestígio que a linha Corsa teve com os brasileiros, o Ônix chegou tímido ao mercado em 2012, mas, aos poucos, foi conquistando terreno e hoje é o carro mais vendido do Brasil, desbancando tradicionais como o Uno, da Fiat, e o Gol, da Volkswagen, sendo que, esse último, sempre foi o queridinho dos motoristas. Com um design agressivo e bastante simplificado, o Ônix também inaugurou uma nova tendência nos automóveis ditos “populares”, que foi a inclusão de itens tecnológicos que antes eram vistos somente como itens de luxo em carros mais caros, como um sistema multimídia completo, painel digital e, ainda, um sistema de localização 24 horas por dia, a OnStar, serviço oferecido pela montadora. Hoje, o carro está presente pelo Brasil inteiro, cada vez mais consolidando seu nome perante à população Brasileira.

Chevrolet Spin

O Chevrolet Spin veio com a missão de substituir as duas minivans mais conhecidas da categoria: a Meriva e a Zafira, sendo, essa última, um dos suprassumos da Chevrolet na década passada. O seu formato, apesar de bastante peculiar (também se assemelhando muito a uma simpática capivara), tem cumprido o seu papel de funcionar como um carro que possa carregar mais de cinco pessoas, sendo bastante requisitado, principalmente, por taxistas, além de oferecer conforto e um belo acabamento interno. O carro passou a ser bastante elogiado por conta de seu desempenho nas estradas, bem como das possibilidades obtidas com esse automóvel, tais como servir como um carro para carregar diversos objetos (já que os bancos traseiros podem ser removidos para tal) bem com a inclusão de dois bancos traseiros para poder levar sete pessoas, entre muitas outras coisas.

Chevrolet Cobalt

Com o intuito de manter os clientes que tinham preferências por Astra e Vectra, a Chevrolet lançou o Cobalt, um sedã médio que, assim como seus antecessores, também apresenta uma grande evolução em design e desempenho. Embora ainda tenha uma certa resistência no mercado, o modelo passou a ser requisitado na hora da compra de automóveis, por conta do seu amplo espaço interno e, também, da grande capacidade que o porta-malas possui, sendo esse um dos maiores atrativos que o modelo oferece, além da sensação de estar dirigindo um sedã de luxo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Chevrolet

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *