O Que Revisar no Carro Antes de Viajar?

Quando se tem perspectivas de viajar de férias ou tirar uma folga muitas pessoas pensam no que colocar nas malas e para onde ir, contudo, quem vai viajar de carro precisa pensar em outra questão bem importante que é fazer a revisão do carro. Lembre-se que fazer a revisão do carro ajudará a evitar problemas durante o seu trajeto de viagem.

Para boa parte dos motoristas a revisão do carro ainda apresenta alguns mistérios como, por exemplo, quais são os itens que devem ser revisados com mais atenção. Pensando nisso elaboramos uma lista de quais os itens mais importantes de checar antes de pegar a estrada.

O Momento Correto de Fazer a Revisão

Além de saber quais são os itens que devem ser revisados no seu carro é importante saber o momento correto de fazer a revisão. O mais indicado é que a revisão aconteça na véspera, pois assim se for necessário fazer a troca de alguma peça é possível fazer isso de um dia para o outro, mas não na hora.

Itens a Serem Revisados

Pneus

A inspeção dos pneus deve incluir o estepe também, se tiver uma ou mais bolhas é importante substituir imediatamente a unidade. Isso porque bolhas indicam danos estruturais irreversíveis na carcaça que podem acarretar em sérios riscos de explosão em especial na estrada em que o pneu é exposto a uma temperatura maior o que aumenta a sua pressão interna.

Se observar que existe um desgaste irregular na banda de rodagem saiba que isso indica que há desalinhamento da suspensão ou então que o uso de pressão está sendo feito de maneira inadequada durante um longo período. Fique atento a Resolução 558/80 do Código Nacional de Trânsito que diz que os sulcos devem ter no mínimo 1,6 mm de profundidade.

Isso é pouco quando se compara a um pneu novo que tem 8 mm em média. Saiba que esses sulcos são vitais para que haja a correta drenagem da banda de rodagem num caso de chuva de forma a prevenir a tão temida aquaplanagem. Verifique a pressão de todos os pneus e fique atento a quantidade de passageiros e bagagem que será levado no carro, saiba que a maioria dos modelos necessitam de pressões diferentes para essa condição.

Rodas

Observe nas rodas de ferro se existem amassados, quando a pressão de um pneu está mais baixa do que a dos outros significa que bem provavelmente a roda está amassada o que permite que aconteça a fuga de ar. O reparo pode ser feito de maneira bem simples por um borracheiro de confiança. No caso das rodas de liga fique atento a quebras e trincas, pois dependendo da situação pode ser necessário fazer a substituição.

Macaco, Triângulo e Chave de Roda

Você provavelmente deve pensar que estamos dizendo para conferir se os itens estão no seu carro, mas o que estamos dizendo é para revisá-los. É necessário fazer uma checagem de funcionamento para saber se o triângulo não está com a haste de apoio quebrada, por exemplo, pois nessa situação ele não serve para nada, não é mesmo?

Balanceamento das Rodas e Alinhamento da Suspensão

Normalmente são itens deixados de lado, contudo, representam um grande risco já que esses problemas costumam ser detectados somente nas velocidades mais altas. Os sintomas mais comuns são sentir vibrações ao volante (quando a roda está desbalanceada) ou a direção desalinhada (quando o carro fica puxando para um dos lados) que ocorre quando o alinhamento não está conforme as especificações de fábrica.

Barulhos na Suspensão

Se por acaso você estiver conduzindo o seu carro e ouvir rangidos, batidas secas ou ruídos que parecem que tem algo frouxo é melhor correr verificar o que está acontecendo numa rede autorizada. Saiba que as condições de pavimentação das ruas pelas quais você passa podem levar ao desgaste de partes da suspensão antes do prazo que foi previsto na revisão.

Fluidos

Quando está na estrada o motor do carro precisa de um esforço maior do que aquele exigido no ciclo urbano. Dessa forma é importante dar uma verificada no nível e validade dos fluidos bem como dos seus respectivos filtros. Fique atento ainda a possibilidade de ter vazamentos de líquidos de arrefecimento, óleo de motor e transmissão, direção hidráulica, fluido de freio e embreagem.

Cheque ainda o nível de combustível do reservatório de partida a frio (no caso de carros flex) e qual é o prazo de troca de filtros e fluidos, se está perto, pois não tem problema nenhuma adiantar o mesmo.

Sistema Elétrico

Vale a dica ainda de conferir as lanternas, piscas e faróis para saber que estão em funcionamento correto. Saiba que troca uma lâmpada queimada é bem rápido e pode ajudar na prevenção de acidentes.

Sistema de Limpeza dos Vidros

Não se prenda somente a verificação do funcionamento de limpadores e desembaçadores observe ainda o nível do reservatório de limpeza e em que estado estão as palhetas. Se perceber que estão ressecadas saiba que não irão fazer o escoamento correto da água. No dia da viagem será necessário limpar bem os vidros porque a sujeira reflete luz e prejudica a visão. Nos casos que não tem ar-condicionado é interessante levar um pano de algodão bem como um spray anti-embaçante. Num dia de chuva saiba que isso faz toda a diferença. 

Demais Itens

Se por acaso você não seguiu as revisões indicadas pelo fabricante é bom conferir o estado de algumas outras peças antes de pegar a estrada. Faça essa verificação na concessionária ou numa oficina que seja especializada. Dentre os itens estão sistema de ignição e injeção, amortecedores e molas, rolamentos de roda, pastilhas de freio, juntas homocinéticas e coifas, correia dentada do motor com seus respectivos rolamentos entre outros.

Em muitos casos esses itens aparentam estar funcionamento adequadamente, mas em algum momento podem apresentar falhas quando submetidos a um esforço muito grande. Tire suas dúvidas com o seu mecânico de confiança para quando ir pegar a estrada saber que está fazendo isso a bordo de um carro que não apresentará nenhum problema.

Antes de fazer qualquer tipo de viagem longa existe a necessidade de revisar os itens para não ter surpresas ao fazer o tráfego. Conheça itens que demandam verificação em nível constante por parte de motoristas que desejam seguir para viajar. 

Condições dos Pneus: Revisão Antes de Viajar

Entre os principais itens que entram na consideração sobre o que revisar no carro antes de viajar está nas condições dos pneus. Fique de olho com a qualidade que existe na estrutura. Em caso de estar ficando careca não há outra forma de proceder senão a troca das quatro unidades junto com o estepe. Tenha em mente de que pneus sem qualidade não apenas colocam a vida útil de outras peças do automotivo como também a segurança de quem está dentro do carro.

Antes de seguir a viagem não se esqueça de checar com qualidade os níveis de pressão que existe nos pneus, o que pode fazer tanto nos postos de combustível como na própria residência, desde motoristas possuam equipamentos que servem para saber esse tipo de medição. A quantidade de pressão está escrita nos manuais dos proprietários ou de acordo com conteúdo informativo presente nas embalagens dos fabricantes.

Atenção! Quando for checar o nível de pressão tenha em mente de que os pneus não podem estar quentes, ou seja, não trafegue por tempo além do que dois quilômetros antes de fazer esse tipo de procedimento. Nos momentos que existe excesso de calor os valores no diagnóstico pode confundir a exatidão. Outro ponto que não pode ser ignorar está em calibrar de forma correta o estepe, afinal, nunca se sabe quando vai existir a necessidade de usar.

De Olho na Roda: Revisão Antes de Viajar

A roda também precisa de análise qualitativa por parte de motoristas que desejam realizar longas viagens. Procure por presença de amassados que de forma prática fazem com que os pneus percam quantidade de ar. Em tipos de liga leve quando existe a problemática do gênero o jeito é trocar as unidades.

Itens de Segurança para Trocar Pneus: Revisão Antes de Viajar

Por vezes, mesmo com conjuntos novos de pneus, as estruturas podem estourar. Caso isso aconteça não existe outro método senão ligar ao seguro ou usar os equipamentos necessários para fazer a trica: Chave, macaco e triângulo. Sem esses três tipos de itens o ato de realizar a troca com qualidade representa ponto quase impossível de ser feito, conforme indica grande parte dos especialistas.

Alinhar e Balancear: Revisão Antes de Viajar

Balancear as rodas e alinhas a suspensão são dois procedimentos básicos em termos de checagem de componentes pré-viagem. Por vezes podem ser negligenciados e por consequência os sintomas acontecem quando o carro se encontra em marchas longas e por consequência demonstra o desalinhamento na pista. Quando o motor começa a tremer ao estremo também representa problemática do gênero que pode atrapalhar em termos de dirigibilidade.  

De Olho na Suspensão: Revisão Antes de Viajar

Os componentes da suspensão também precisam de análise qualitativa visto que sem a presença de qualidade não existe como o carro manter estabilidade nas pistas. Qualquer tipo de ruído ou problema do gênero precisa participar da revisão para a própria segurança de quem se encontra dentro do veículo, de forma principal o ato de revisar deve acontecer nas autorizadas ou locais de confiança. Depois do motor a manutenção na estrutura está entre as mais caras do mercado automotivo.

De acordo com testes realizados por empresas de confiança em termos de mercado se pode dizer que quando os amortecedores se encontram com metade da eficiência o cansaço de quem dirige pode aumentar em aproximados trinta por cento. Não se pode ignorar o fato de que a fadiga pode fazer com que aconteça a queda da atenção nas pistas, o que pode resultar em sérios acidentes nas pistas. 

Verificar os Fluídos: Revisão Antes de Viajar

Necessário olhar com qualidade ao painel e por consequência saber se existe a necessidade de trocar os fluídos. De forma prática existem tipos que não podem ser observados no painel, como o de ar, por exemplo. Nesse sentido os olhos precisam ficar atentos a todos os tipos de pontos que requer esse tipo de atenção.

Tenha em mente de que quanto maior o tempo no motor nas estradas mais chances existem de acontecer o esforço e por esse motivo as quantidades de fluídos precisam estar em dia. Não se esqueça de ater o olhar para a quantidade de vazamentos que existe desde líquido do arrefecimento até às condições da direção hidráulica, conforma indica grande parte dos especialistas. Procure colocar fluído no tanque de combustível ao levar em conta que nos postos que existem no caminho não existe a certeza de que a gasolina tem boa procedência.  

 

Com o Olhar no Sistema Elétrico

Outro ponto que não pode ser ignorado em termos de revisão do carro está na parte elétrica, visto que quanto mais novo o carro maiores são as demandas por conta desse tipo de revisão. Nos dias de hoje quase todas as partes dos veículos possuem bases elétricas nas quais um erro na leitura de software pode fazer com que o carro pare no meio da estrada.

Fique com os olhos atentos no sentido de observar e testar a qualidade que existe nos faróis e lanternas. De acordo com a legislação de trânsito atual se pode dizer que os motoristas possuem total responsabilidade por manter o veículo funcionando em plenas condições de uso e por esse motivo se o farol não ascender como deveria os órgãos de autuação, como ao Polícia Militar, por exemplo, podem lavrar infrações de trânsito ou mesmo solicitar a parada do veículo para exigir explicações do gênero. 

Extintor: Revisar o Carro

Por mais que existam motoristas que negligenciam esse fato, manter a informação no que tange à qualidade e nível de vencimento tem importância não apenas para evitar tomar multas como também em estar com o dispositivo preparado a ser acionado no momento em que o motorista precisar, afinal, nunca se sabe quando podem acontecer riscos de incêndios.

Artigo Escrito por Renato Duarte Plantier

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Bom dia,
    Moro em Tejuçuoca, estado do Ceará, adorei as dicas de segurança,você está de parabéns pelas informações que são de muita importância para ajudar na manutenção do nosso veículo.

    Tenho uma grande dúvida quanto a calibragem dos Pneus, tenho um Pegeot 207 Passion, e nuca sei a calibragem que coloco nos pneus (Roda “15” 185/60), e não entendo as informações que tem no manual do proprietário. na minha cidade não existe asfalto só calçamento, mas sempre viajo para a capital fortaleza. Por favor me diga qual a calibragem certa para eu rodar.

    Alexsandre A. Sousa 14 de outubro de 2015 8:42

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *