GM Reinicia Montagem Automotiva na Venezuela

Negócios são negócios, amizades aparte. É o que deverão ter dito os diretores da GM ao Presidente da Venezuela Hugo Chaves, onde a produção de veículos estava parada desde o mês de junho deste ano, por força de uma dívida para com fornecedores estrangeiros, no valor de 1.200 milhões de dólares. Segundo informações da GM, esta situação de dívida se criou a partir da falta de autorização para se obter divisas estrangeiras destinadas às importações de matéria prima para a empresa. Quem libera essas autorizações é a CADIVI, Comissão de Administração de Divisas da Venezuela.

GM Reinicia Montagem Automotiva  na Venezuela

GM Reinicia Montagem Automotiva na Venezuela

Resolvida esta situação, a GM reinicia montagem automotiva na Venezuela e coincidência ou não, neste mesmo período de suspensão das autorizações da compra de divisas para importação, a Venezuela anunciou o lançamento no mercado do seu primeiro Belo Carro de fabricação venezuelana. Para o Sr. Ronaldo Zinidarsis, Presidente da GM, a situação se resolveu após um acordo firmado com o presidente da Venezuela, que se comprometeu em manter as autorizações em dia, oferecendo assim soluções para problemas difíceis de modo que as empresas se mantenham produzindo na Venezuela, principalmente a GM, em razão das questões políticas entre os dois países. A Pesquisa de Preço Compensa e ela acaba sendo Um Caminho bom para seguir.

Geração de Empregos

Um fator que deve ter pesado muito em favor da GM é o fato da empresa ter na sua montadora, em Valência, na Venezuela, cerca de quatro mil funcionários e mais uma rede de 254 fornecedores venezuelanos e pequenos fabricantes de peças que por sua vez, devem dar empregos a cerca de 60 mil pessoas. Além disso, são 77 stands de Automóveis e centrais de assistência técnica e serviços onde trabalham mais de 10 mil pessoas.

Carros

Carros

Somando todos esses números, chega-se a ao expressivo número de 74 mil trabalhadores, o que para a Venezuela, um pais sem tradição industrial e com grande potencial na produção de petróleo, é como apagar um incêndio que existe entre os dois paises e que é político. Portanto, a manutenção do emprego, num momento de crise é muito importante e se torna fundamental para a Venezuela que sabiamente negociou a retomada de produção da GM.

Deixando a Política de Lado

A GM que tinha marcado o dia 7 de setembro deste ano, como a data para o reinicio de suas atividades, com certeza, neste momento vários Super Carros já terão sido produzidos para a complementação de um trabalho duro e de muitos caminhos como é a produção automotiva, principalmente pela grande concorrência que existe no mercado.

Peças

Peças

Além do que, segundo informações oficiais da GM, a lei que vigora na Venezuela desde 2003 que regulamenta o câmbio no país, impede que os venezuelanos obtenham livremente dinheiro estrangeiro, mas em relação à GM, foi feito um acordo com o governo e, nesse caso, a paz está selada, a compra do Bolívar Forte, moeda oficial da Venezuela, com moeda estrangeira, é livre e pode ser feita sem a autorização da estatal reguladora da circulação de moedas no país.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Internacional

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *