Renault Master 2009

A Renault apresentou este mês a sua linha Máster 2009, que veio com uma mudança expressiva no interior e no visual dos modelos, que segundo notícia do fabricante deve aumentar a participação da marca no segmento. Esses Super Carros são mais voltados para pessoas que gostam de carros grandes e Um Caminho para quem trabalha com transporte de pessoas. A linha Máster 2009 da Renault esta sendo disponibilizada em três diferentes configurações que são minibus, chassi-cabine e furgão. As mudanças destas três unidades em relação a versão que estava no mercado se concentram especialmente no designe externo que tem linhas mais retas na dianteira, onde o capô, faróis, grade frontal e parachoques ganharam novo desenho.

Renault Master 2009

Renault Master 2009

No designe interno as mudanças ficaram por conta de formas são mais arredondadas, e as saídas de ar e o painel de instrumentos ganharam o mesmo designe dos últimos lançamentos da Renault como o sedã Symbol e o hatch Sandero, sendo que a principal inovação ficou por conta da palanca de câmbio que está no painel, bem próxima ao volante. A parte mecânica traz algumas modificações nessa nova versão que otimizam a linha no aspecto da dirigibilidade e do conforto, todas as versões ganharam a 6ª marcha e direção hidráulica que permite que se Estacione o Carro com maior segurança. Além disso, o banco do motorista conta agora com regulagem de inclinação e altura e regulagem para altura dos faróis, todas alterações saem da fabrica nas três versões. O motor não sofreu nenhuma alteração em relação ao modelo anterior, permanece o motor com combustível a diesel 2.5, com 16 valvulas, 115 cavalos e torque de 29,6 Kgfm.

Novo

Novo

Além das configurações de fábrica a Renault oferece pacotes de opcionais que contam com trava, retrovisores e vidros elétricos, chamado de pack elétrico e ar condicionado e  airbag para o motorista. Os opcionais custam de R$ 1,6 mil o pack alétrico até R$ 15mil  o pacote com todos os opcionais, que é chamado de  pack de luxo. A linha Máster da Renault tem produção nacional no Paraná, na cidade de São José dos Pinhais, e seu preço de mercado é de R$ 77 mil para o chassi-cabine. O furgão é disponibilizado em 3 diferentes versões em que variam a largura e o comprimento e estes tem preços que variam entre R$ 79 a R$ 92 mil. Já minibus é disponibilizado em duas versões, a primeira para 13 lugares, contando o motorista custa R$ 101,1 mil, e a segunda versão do minibus para 16 passageiros com motorista custa R$ 103,1 mil.

Carro

Carro

Segundo dados disponibilizados pela Federação Nacional de Distribuição de Veículos – FENABRAVE, os comerciais leves que incluem furgões, utilitários e picapes, fechou o primeiro semestre de 2009 com 242.810 unidades vendidas e emplacadas, e esse número deve ser maior no segundo semestre segundo estimativas da Federação. A Renault é a 4ª colocada neste mercado que conta com uma grande concorrência no setor financeiro com preços diferenciados entre as varias marcas de Belos Carros. Os utilitários são utilizados especialmente para ambulâncias, transporte escolar, micro-caminhões e outros Automóveis.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Renault

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Программе по утилизации автомобилей пришел конец, теперь брошенные автомобили около тротуаров так и будут продолжать гнитьТак как программа не предусматривала прием авто которые не могли сами доехать до авто дилера, то такие машины обречены доживать свои деньки во дворах и т.п.Есть конечно вариант, если авто владелец не знает как избавиться от хлама, он может сдать в бесплатную компанию которые сами вывезут, сдадут в утиль и предоставят акт об утилизации, но владельцам таких машин нет до этого дела, они просто снимают с учета на утилизацию и бросают во дворах!автор: anagana.ru

    Mihir 6 de junho de 2012 18:27
  • Concordo com o Coyote.Na verdade pee7o psrmiese3o pra transcrever o comente1rio dele em outros blogs, te1 melhor do que eu escreveria…E, complementando, na minha opinie3o o Nelson c2ngelo este1 pagando por esse erro dele desde o momento que o cometeu. A diferene7a e9 que o “custo” desse erro sf3 agora atingiu a propore7e3o devida, devido ao fato que agora o mundo todo sabe, e ne3o sf3 ele, o Briatore e o Symons.Agora eu quero e9 acompanhar a opinie3o “pfablica/publicada” em relae7e3o e0s atitudes dos outros dois, que, convenhamos, foram os que iniciaram a coisa da batida programada.Porque eu tenho visto muita indignae7e3o em relae7e3o e0 atitude do Piquet, mas muito pouca indignae7e3o em relae7e3o e0 (mais essa) atitude anti e9tica do Briatore.As circunste2ncias que o Piquet se encontrava na e9poca de Cingapura explicam mas ne3o justificam essa atitude anti esportiva dele, isso ne3o e9 coisa que se defenda.Agora, deixar o Briatore sair ileso dessa vai ser feio. Muito feio mesmo.Te3o feio quanto deixar a metralhadora atirando apontada sf3 pro Piquet, como tenho visto em ve1rios comente1rios de ve1rios blogs.

    Aurea 1 de fevereiro de 2014 12:12

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *