Mandamentos Para Cuidar dos Pneus

Os pneus são muito importantes e precisam estar sempre bem cuidados para evitar acidentes. Muitas pessoas não sabem, mas pneus mal cuidados são responsáveis por boa parte dos acidentes nas estradas. Se você não quer fazer parte dessas estatísticas precisa ficar atento para detalhes que ajudam a aumentar a durabilidade deles.

A seguir vamos listar os dez mandamentos para cuidar bem dos pneus e estar com eles sempre em dia para fazer viagens e rodar pela cidade. Quando o motorista tem cuidados preventivos evita problemas e ter gastos maiores com a compra de novos pneus. Será que você tem mantido os cuidados necessários?

Primeiro Mandamento – Calibrai os Pneus Toda Semana

Leia o manual do fabricante do veículo para saber qual é a indicação para calibrar os pneus e tenha o hábito de calibrar toda semana. Assim você mantém os pneus sempre cheios e sólidos para enfrentar as estradas e as ruas.

Segundo Mandamento – Fará Rodízio de Pneus

O rodízio de pneus é essencial para evitar que haja gastos desregulares entre eles, a dica é que os pneus radiais passem pelo rodízio a cada 8 mil quilômetros rodados e os veículos cujos pneus são diagonais devem passar pelo rodízio a cada 5 mil quilômetros. É muito importante que você não deixe passar de 10 mil quilômetros sem fazer o rodízio.

Terceiro Mandamento – Evitará a Sobrecarga no Veículo

Não dá para ignorar o limite de carga que o seu carro suporta, quando se anda por aí com excesso de peso a estrutura do pneu acaba sendo comprometida. Com isso os pneus do seu carro ficam mais suscetíveis a danos ou mesmo a passar por alterações de estruturas bem significativas. Verifique no manual do fabricante qual é o limite de carga que o carro suporta e não ultrapasse esse limite.

Quarto Mandamento – Fará a Manutenção Preventiva

O carro como um todo deve passar pela manutenção preventiva, nessa avaliação são observados itens como molas, amortecedores, freios, eixos, rolamentos e rodas que tem uma atuação direta sobre os pneus. O conjunto deve ser observado para evitar que em certo momento você descubra simplesmente que está com pneus comprometidos.

Quinto Mandamento – Utilizará Medidas de Pneus e Rodas Indicadas Pelo Fabricante

Quando um carro é projetado tem definidas medidas de pneus e rodas específicas para garantir a segurança. Cada parte do carro foi projetada pensando na interação que é necessária para que haja equilíbrio. Usar pneus e rodas que sejam de medidas diferentes daquelas indicadas pelo fabricante acaba alterando o equilíbrio. Isso faz com que não haja a mesma harmonia na interação das peças do carro como um todo acarretando em riscos significativos.

Sexto Mandamento – Alinhará a Suspensão e Balanceará os Pneus

É importante alinhar a suspensão e balancear os pneus toda vez que o carro passar por impactos fortes assim como nas trocas de pneus ou quando os pneus estiverem com desgaste irregular. Fique atento ainda em situações em que sejam trocados componentes da suspensão ou quando sentir que o seu carro está dando aquele ‘puxão’ para um lado ou mesmo a cada 10 mil quilômetros. É fundamental que você não deixe de lado os cuidados com a suspensão, pois quando menos se espera ela pode se tornar uma grande dor de cabeça.

Sétimo Mandamento – Utilizará Pneu Adequado Para Cada Solo

Estar com os pneus inadequados para o tipo de solo em que o seu carro roda é uma forma de ter um maior consumo de combustível além de perda de estabilidade e durabilidade de peças do carro. Por exemplo, não se deve usar pneu destinado ao uso em solo de terra (fora da estrada) quando se está na cidade e vice-versa. Pense que cada tipo de pneu foi projetado para atender as demandas de um tipo de solo e dessa forma deve ser usado nesse tipo de terreno.

Oitavo Mandamento – Observará o Indicador de Desgaste da Rodagem (TWI)

O motivo pelo qual todo pneu tem o seu indicador de desgaste da rodagem (TWI) é avisar o motorista da necessidade de trocar o pneu diminuindo o risco de ficar rodando com o pneu careca por aí. O pneu tem como limite de profundidade do sulco de 1.6 milímetro. Rodar com pneus carecas é muito perigoso e pode causar acidentes.

Nono Mandamento – Não Deixará que o Pneu Interaja com Petróleo ou Solventes

É imprescindível que você evite que evite que os seus pneus entrem em contato com derivados de petróleo ou solventes. Quando os pneus contatam esse tipo de substância elas atacam a borracha de maneira que fazem com que ele perca parte das suas propriedades físico-químicas e mecânicas. Os pneus que perdem parte das suas características acabam se tornando menos eficientes e expondo o seu carro a mais possibilidades de acidentes e infortúnios no trânsito.

Décimo Mandamento – Evitará a Direção Agressiva

Além de ser perigoso dirigir agressivamente essa conduta causa problemas e desgaste nos pneus do seu carro. Isso porque são feitas freadas fortes e bruscas, não deixe de ficar atento as lombadas, buracos e outras imperfeições que podem surgir na estrada ou rua. Toda vez que você força o seu pneu numa conduta agressiva está aumentando o desgaste no mesmo de maneira que está contribuindo para que ele fique careca mais rápido.

Tenha Cuidado

A atenção aos pneus é essencial para estar mais seguro no trânsito, não adianta cuidar bem do carro como um todo se você descuida desse detalhe. Quando você dirige por aí com os pneus com defeito está arriscando a sua vida e das outras pessoas que estão na estrada. Pneus que precisam de manutenção ou serem trocados podem causar situações extremas em que mesmo com habilidade é difícil escapar de uma batida ou algo mais sério.

Se você não é do tipo de pessoa que costuma ter atenção em relação aos pneus e ao carro como um todo a dica é procurar se manter sempre em contato com um especialista que faça uma manutenção preventiva. Prevenir é sempre melhor do que remediar, se lembre disso e boa direção!

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *