Itens de Segurança do Automóvel

Há algum tempo os itens de segurança não se tratavam de um assunto popular, no entanto, a mudança nas regras nacionais que impuseram a obrigatoriedade de airbags e freios ABS acabaram por tornar esse tema mais discutido. Atualmente, os itens de segurança se tornaram um atributo valorizado nas vendas. Apesar disso equipamentos que proporcionam mais conforto e tem design diferenciado ainda tem grande peso na decisão de compra dos consumidores.

Os consumidores estão em busca de equipamentos e acessórios que possam ser vistos. Os itens de segurança não se destacam nesse sentido uma vez que somente percebemos a existência deles no momento em que se mostram necessários. O valor dos equipamentos de segurança é dado quando os ocupantes escapam de um grave acidente, por exemplo.

Equipamentos de Segurança Ativa e Passiva

Podemos dividir os itens de segurança em dois grupos que são o de segurança passiva e o de segurança ativa. Os itens de segurança passiva têm como função minimizar os danos num possível acidente, podemos destacar nesse sentido os cintos de segurança e airbags.

Os recursos ativos de segurança tem como objetivo ajudar o motorista a evitar acidentes. Dentre os exemplos estão os frios ABS e o controle eletrônico de estabilidade. A seguir vamos explicar um pouco mais sobre esses e outros recursos de segurança de um automóvel. A segurança vem sempre em primeiro lugar.

Freios ABS

O sistema de freios ABS é basicamente um sistema de anti-travamento das rodas e é um dos itens mais importantes no quesito segurança de um automóvel. Numa situação em que as rodas travam durante uma frenagem abrupta o motorista tem mais facilidade para parar o carro. Com isso é possível ter mais controle da direção e se for necessário alterar a trajetória do carro e desviar de alguma pessoa ou objeto.

Para que esse sistema funcione ele conta com a ajuda de sensores de rotação nas rodas além de válvulas e bomba de pressão no diferencial que moderam a frenagem de maneira a não permitir que as rodas deslizem. O funcionamento ainda tem uma ajuda a mais do EBD que faz a distribuição de força da frenagem entre as rodas conforme seja necessário.

Airbags

O airbag é o item de segurança passiva mais conhecido dos carros e evoluiu muito com o passar do tempo. Uma prova disso é que muitos carros possuem bolsas de airbag frontais e laterais bem como nos vidros e de uma altura até as pernas do motorista.

O airbag é um sistema adicional ao cinto de segurança que visa diminuir a força do impacto de quem está dentro do carro e protege especialmente o rosto, coluna e peito. O sistema é acionado por meio de uma explosão controlada que gera uma reação química em que a bolsa é inflada. Tudo isso leva 25 milésimos de segundo.

Faróis de Xenônio

Quando instalados corretamente os faróis de xenônio podem ser de grande ajuda uma vez que iluminam mais com um alcance maior além de não ofuscar a visão dos motoristas que passam pelo seu carro no sentido oposto.

Controle Eletrônico de Estabilidade

O nome desse sistema já diz a que ele veio, o seu objetivo é manter a estabilidade do automóvel. O carro possui uma central eletrônica que faz uma avaliação das condições de rodagem sempre para verificar se existe algum problema e então envia sinais para o câmbio e para o freio fazendo as frenagens automáticas nas quatro rodas com pressões diferentes até fazer a redução do torque que é enviado as rodas com o objetivo de oferecer a correção da trajetória do veículo.

Sensor em Pontos Cegos

Um dos principais motivos de acidentes é a existência de pontos cegos nos retrovisores dos motoristas, isso exige uma atenção em particular nos momentos de fazer ultrapassagens. Tentando evitar que acidentes aconteçam foi desenvolvido um sistema que faz a detecção de quando um veículo fica “escondido” nos pontos cegos da carroceria como atrás de colunas laterais. O sensor alerta o motorista usando sinais luminosos nos retrovisores e até mesmo alertas sonoros.

Freios a Disco nas Quatro Rodas

Trata-se de um item de segurança bastante comum no Brasil em vários carros em especial nos modelos populares. Em geral os carros têm freios a disco nas rodas dianteiras e também no tambor na traseira. O mais indicado seria usar discos em todas as rodas uma vez que esse sistema é mais eficaz em frenagens do que no desempenho dos tambores.

Esse sistema de freio a disco dissipa o calor uma vez que o equipamento está exposto ao ar e assim reduz as possibilidades de que o equipamento tenha um superaquecimento. O freio a disco é mais caro para ser fabricado, porém, tem uma manutenção mais baixa uma vez que é composto de itens simples e em pouca quantidade.

Freio Automático

Uma das inovações do mercado é o freio automático, carros que conseguem frear sozinhos no caso de o motorista estar distraído ou mesmo não perceber alguma coisa que apareceu de repente em seu caminho. Para funcionar esse sistema usa câmeras de infravermelho e ondas de radar que buscam fazer a detecção dos objetos ou mesmo de pedestres que podem vir a se chocar com o veículo. O carro não freia completamente, porém, a força da colisão será bem menor.

Cintos de Segurança com Pré-Tensionador

O cinto de segurança que possui pré-tensionador é mais eficiente uma vez que a folga existente entre o usuário e o cinto no momento de choque é menor. Trata-se de um sistema que mantém o motorista mais próximo do assento e ainda contribui para o funcionamento mais assertivo do airbag. O acionamento é feito através da desaceleração assim como pela aceleração do veículo de maneira a evitar que as pessoas que ocupam o carro se desloquem num momento de colisão.

Encosto Para Cabeça

O encosto é essencial para evitar que os ocupantes do carro sofram lesões na coluna cervical provocado pelo chamado efeito ‘chicote’ que se dá quando tem uma batida na traseira e a cabeça faz o movimento de ir para a frente e voltar algumas vezes com força. Mesmo sendo um item relativamente simples ainda não está disponível em muitos carros nacionais.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *