Aditivo no Radiador é Bom?

Muitos proprietários de carros tem dúvidas a respeito de usar aditivo no radiador, pois não sabem ao certo se é um produto adequado e se depois de uma aplicação terão que voltar a aplicar. A seguir vamos decifrar um pouco mais sobre o uso de aditivo no radiador e de que maneira isso pode ajudar ou trazer problemas para o seu carro.

O Que é Aditivo?

O aditivo que tem como base monoetilenoglicol tem duas funções sendo que a primeira delas é aumentar o ponto de ebulição da água e impedir assim que ela evapore com facilidade além de reduzir o ponto de congelamento de forma a garantir que a água fique no estado líquido.

A outra função do aditivo é agir como antioxidante, pois quando o radiador fica muito tempo sem aditivo acaba passando por processo de oxidação do bloco do motor. Em geral os motores são de ferro fundido o que facilita esse processo. É comum nesses casos que se perceba a formação de um “lodo” que na realidade nada mais é do que ferrugem.

Oxidação do Motor

Outro fator que pode levar a oxidação do motor além de faltar aditivo é usar água que seja rica em minério de ferro. Quando isso acontece o funcionamento de peças importantes do sistema de arrefecimento pode acabar ficando comprometido. Uma das peças mais comuns de dar problema é a bomba d’água que pode travar devido a ferrugem criada pela falta do aditivo.

Se um carro chega nesse estágio todo o seu sistema fica prejudicado e pode ser necessário fazer uma limpeza completa. Somente aplicar aditivo ou usar água desmineralizada não irão resolver o problema. Essas são medidas paliativas nesse caso, pois depois de uma semana irão surgir vazamentos devido ao fato de que todos os componentes que estavam em contato com a água do radiador ficarão enferrujados.

Teste

Carros que apresentam problemas como ferrugem no radiador podem ser tratados com o uso de aditivo e água desmineralizada, mas devem ser testados por um ou dois meses após a aplicação para que se tenha certeza de que o problema foi resolvido. Uma boa solução nesse caso é levar o carro numa oficina de confiança para que seja feita a limpeza, seja aplicado o aditivo e por fim sejam realizados os testes necessários.

A partir desses testes é possível ter certeza de que o resto do sistema não foi comprometido. Após testar o carro se os vazamentos persistirem deve ser feita a troca de todas as peças. Um trabalho que pode ser bem complicado, mas que é necessário para ter certeza de que o problema da ferrugem será resolvido.

Conhecendo os Produtos

Nesses casos de limpeza do radiador além de usar o aditivo pode ser necessário também utilizar óleo solúvel. Esse óleo é usado para selar a ferrugem e deve ser aplicado antes do aditivo já que os dois produtos não podem se misturar. O processo é feito misturando o óleo solúvel com a água (desmineralizada) para que a ferrugem não se propague. Somente depois disso será feita a aplicação do aditivo, esse óleo deixará a água com um visual esbranquiçado, como leite.

Em relação a escolha dos produtos mais assertivos para o seu carro nosso conselho é procurar as marcas indicadas pelo fabricante. No caso de não encontrar a marca indicada pelo fabricante é melhor optar pelo aditivo da Bardahl. Evite usar produtos dos pequenos fabricantes, pois em grande parte dos casos eles tem pouca porcentagem de monoetilenoglicol. Isso pode ser prejudicial para o radiador do seu carro, fique atento.

Importância da Escolha dos Produtos Certos

Usar o aditivo recomendado pelo fabricante é muito importante, pois existe uma grande variedade de aditivos no mercado nacional. A composição assim como as propriedades dos fluidos mudam de acordo com as especificações de cada fabricante, porém, em geral são produtos feitos à base de polímeros, etilenoglicol e agentes anti-corrosivos.

Para se ter uma ideia produtos que são feitos para motores de aço e ferro fundido podem ter agentes que protegem esses materiais, mas que atacam o alumínio. Além disso, os aditivos ainda podem ser classificados em duas categorias que são os coolants e os anticorrosivos.

Coolants e Anticorrosivos

Os aditivos coolants são aqueles que possuem em sua fórmula além de um pacote anticorrosivo e podem ser divididos em duas categorias: orgânicos (que tem vida estendida) e os inorgânicos. Os aditivos anticorrosivos por sua vez são aqueles que tem como principal função proteger em relação a corrosão e podem ser usados em veículso pesados de fabricação mais antiga. A escolha de um ou de outro depende da indicação da montadora.

Dicas Práticas de como Usar Corretamente o Aditivo

  • Use o aditivo indicado pela montadora, se não der pode optar pelo aditivo da Bardahl. Fuja de produtos de pequenos fabricantes.
  • Não confunda o fluido de limpeza com o aditivo já que um faz a limpeza do sistema enquanto o outro prolonga a sua vida útil.
  • O uso do aditivo é importante para evitar que haja superaquecimento e para que o sistema seja mantido em perfeito funcionamento.
  • Troque os aditivos usados a cada 30 mil quilômetros ou então um ano.
  • Lembre-se que a falta do produto ou se ele estiver vencido pode acarretar na corrosão e ferrugem das partes metálicas além de causar superaquecimento.

Sistema de Arrefecimento – Aditivo

Quando o sistema de arrefecimento está funcionando corretamente e na temperatura ideal traz muitos benefícios ao motor que ganha mais durabilidade bem como aumenta a economia de combustível e desempenho. Com isso o motor tem um nível bem menor de emissões. Dessa forma é fundamental que a troca de fluido de arrefecimento (mistura de água e aditivos específicos) seja parte da manutenção preventiva do seu carro.

Uma das funções do aditivo de arrefecimento é transformar a água num fluido adequado para o bom funcionamento e a proteção do sistema de arrefecimento do motor de combustão interna. Esse líquido realiza a troca de calor de maneira que ganha calor quando passa pelo motor e perde assim que passa no radiador.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Dicas

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *