Como Usar As Luzes Do Carro Corretamente?

Necessário utilizar as luzes do carro de maneira correta para que a bateria do carro não seja abalada em níveis consideráveis, resultando em custos maiores aos condutores para fazer a manutenção ou mesmo a troca da peça. Veículos precisam de luzes externas para iluminar os caminhos em ambientes noturnos, ou do conto de iluminação interna, para ler ou verificar algo de estranho no interior do veículo. Conheça algumas dicas sobre como usar as luzes do carro corretamente.

Como Usar As Luzes Do Carro Corretamente?

Como Usar As Luzes Do Carro Corretamente?

Regras Gerais: Uso Do Farol

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) os condutores somente podem acender os faróis durante a noite, salvo em loca de situações extrema, caso dos túneis ou outros ambientes com baixa iluminação menos durante o dia. Mesmo não sendo obrigação, alguns policiais rodoviários sugerem o uso dos faróis baixos durante o dia, embora esta não seja obrigação prevista no CTB.

O farol acesso funciona de maneira parecida como o marcador de texto por destacar o carro e auxiliar inclusive na vida dos demais motoristas. Interessante notar que os veículos mais modernos já saem da fábrica com farol indicado para o dia, sendo que alguns deles acionam de maneira automática conforme as condições visuais da estrada. Na Europa, os principais países escandinavos foram os primeiros que obrigaram os cidadãos ao respectivo uso, desde o início da década de setenta do século passado.

Regras Gerais: Uso Do Farol

Regras Gerais: Uso Do Farol

No Brasil somente é permitido piscar o farol alto nos casos de advertência de perigos à frente, ou mesmo em consequência de algum tipo de advertência.  Em termos gerais o uso pode neste sentido pode ser medido como espécie de resenha da buzina em diferentes situações do trânsito. O seu uso tem relação com o bom senso dos motoristas, sendo que quase nunca os agentes aplicam infrações de trânsito quando existem explicações coerentes.

Segundo a legislação vigente os faróis altos podem ter no máximo 225 mil CD, enquanto que os auxiliares possuem 340 mil CD. Não existem especificações oficiais sofre a luminosidade do poder dos faróis baixos e das lanternas. Os carros podem ter no máximo quatro faróis altos, enquanto que os baixos são limitados a duas unidades.

No caso das luzes retráteis, presentes principalmente em carros esportivos dos anos oitenta do século XX, devem ter de maneira obrigatória a presença das luzes auxiliares enquanto os faróis não se abrem por completo. Qualquer tipo de farol precisa ser assimétrico, isto é, precisa evitar ofuscamento aos condutores que estão dirigindo no sentido contrário.

Imagem de Amostra do You Tube

Uso Correto Das Lanternas

Na parte da frente, as lanternas possuem luzes com baixa potência, sendo que em alguns modelos é a mesma que trabalha relacionada com a função da seta. Atrás do carro está a luz vermelha, que tem por objetivo acionar o farol baixo. As leis afirmam que o uso de lanternas está limitado para duas situações distintas:

  1. Durante dia nas regiões que estão cobertas por neblina ou com chuvas fortes. Recomendável o uso em nível baixo;
  2. Em períodos noturnos, quando os veículos estão parados, desembarcando passageiros ou realizando operações de carga e descarga.
Imagem de Amostra do You Tube

Multas: Uso Incorreto Das Luzes Do Carro

  1. Uso do farol xenônio sem ser original ou de outras luzes irregulares. Cinco pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Valor de R$ 127,69;
  2. Deixar de ascender os faróis baixos ou s lanternas nas situações previstas por lei: Quatro pontos na CNH. Valor de R$ 85,13;
  3. Rodas com luz de placa ausente. Quatro pontos na CNH. Valor de R$ 85,13;
  4. Uso do pisca-alerta em movimento. Quatro pontos na CNH. Valor de R$ 85,13.

Uso De Faróis Auxiliares De Maneira Eficaz

Condutores leigos possuem a dúvida com frequência. Os faróis de milha trazem fachos de luz concentrados para iluminar com melhor qualidade a parte da frente do veículo. Devem ser utilizados juntos com os níveis altos do automóvel no intuito de precisar melhor a visibilidades nos momentos de maior escuridão nas pistas.

A outra opção, como o próprio termo sugere, está indicada para ser utilizada nos casos de neblinas. Em consequência do facho de luz baixo a zona abaixo da neblina é iluminada em maiores níveis. São instalados debaixo do para-choque para tornar a ação de iluminação mais eficaz.

Uso Correto Das Setas Do Carro

Qualquer forma de deslocamento do veículo para mudança de faixa ou esquina precisa ser apontada nas setas. Neste sentido, os condutores ao redor podem ficar preparados para as futuras ações do trânsito, diminuindo assim os riscos de colisão em níveis consideráveis. Sem contra que a media ajuda para que os pedestres atravessem as ruas com maior segurança. Jamais ignore o uso deste recurso, a vida de muitas pessoas no trânsito está em nas mãos dos condutores.

Como Utilizar Pisca-Alerta?

O pisca-alerta pode ser acionado nos momentos em que o carro está parado e ligado, mas não em movimento. Quando fura o pneu, ou acontece problema com algum dos integrantes do carro, o alerta é ligado para deixar em alerta a atenção dos condutores, evitando os riscos de colisões. Caso seja acionado em movimento pode prejudicar a visão dos outros motoristas.

Luzes De Xenônio: Como Utilizar?

A legislação brasileira proíbe o uso, sendo legal apenas nos veículos que saem das fábricas com a respectiva característica. Não se pode ignorar o fato que até mesmo as versões de equipamento opcional. Em regras anteriores os condutores necessitavam de autorização especial concedida pelo DETRAN, assim como nas outras adaptações que modificam as características originas dos veículos, como os turbos, por exemplo. Carros autorizados já saem da loja com autorização.

Revisão Dos Faróis e Lanterna

Grande parte dos condutores não imagina, mas se faz necessário fazer revisões dos faróis e lanternas de maneira periódica. Tenha em mente de que as lâmpadas não duram mais do que dois anos em níveis qualitativos. As depressões e os buracos encontrados com frequência nas ruas das metrópoles da cidade podem fazer com que a regulagem dos faróis perca a estabilidade. Neste sentido, é interessante fazer alguma revisão do gênero pelo menos em cada três meses. Use o produto indicado de acordo com o manual do veículo.

Artigo escrito por Renato Duarte Plantier

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>